Colégio Objetivo Bragança


Geração Saúde

Dietas da Moda: Cuidado!
Dra. Francine Michelan   |  Sábado,  26 de Outubro de 2013


 O verão vem chegando e a preocupação com o corpo parece aumentar. Dessa forma a procura por dietas aumenta especialmente aquelas que garantem emagrecimento rápido. Hoje existem muitas dietas da moda, segue abaixo alguma delas:

A DIETA DE BEVERLY HILLS

Consiste na ingestão de apenas um único tipo de fruta, durante 15 dias sem limite de quantidade, pois teriam o poder de queimar calorias. Dentre as frutas permitidas estão: pera, melancia, maçã ou abacaxi. Por isso também é conhecida como “dieta do abacaxi”.

Pontos negativos: exclui grupos alimentares das refeições, ocorre perda de massa muscular, é uma dieta enjoativa, e excesso de abacaxi pode causar problemas estomacais.

A DIETA DA PROTEINA- DR. ATKINS

Esta dieta também conhecida como dieta cetogência ou sem carboidrato privilegia o consumo de proteínas como iogurtes, queijos, carnes e ovos, manteiga, libera quantidades restritas de frutas e verduras e corta radicalmente os carboidratos (arroz, grãos em geral, doces). As gorduras podem ser consumidas sem critério.

A dieta tem cerca de 1000 kcal/dia, sendo que praticamente metade das calorias vem de gorduras. O principio das dietas de baixa ingestão de carboidratos é que na falta de glicose, que vem dos carboidratos, o organismo queimaria uma maior quantidade de gordura como fonte de energia.

Pontos negativos: por não ter quase carboidratos essa dieta deixa o organismo num estado metabólico chamado Cetose que causa dor de cabeça, fraqueza, desidratação e tonturas; pode haver constipação, risco de doenças cardíacas, risco de cálculo renal, aumento de ácido úrico e colesterol, deficiências nutricionais.

A DIETA DUKAN

Também conhecida como a dieta francesa foi desenvolvida pelo médico francês Dr. Pierre Dukan. A dieta é dividida em 4 etapas (fase de ataque, fase introdutória de legumes, fase de consolidação e fase de estabilização) e baseia-se no consumo exagerado de proteínas com baixas quantidades de alimentos fontes de carboidratos e gorduras.

Pontos negativos: pode favorecer a constipação, dieta de poucas calorias não atendendo as necessidades energéticas diárias, ocasiona fadiga, perda de massa muscular e flacidez, pode comprometer a vida social.

A DIETA DA SOPA

Essa dieta é composta basicamente por muito liquido, onde o principal alimento é uma sopa à base de repolho, podendo ser consumida à vontade todos os dias. Para cada dia da semana ainda são permitidos alimentos específicos como banana ou leite.

Pontos negativos: por ser restritiva, a dieta se torna enjoativa, deficiências de proteínas, pouca saciedade, baixo teor de minerais, pode ocasionar diarréia, perda muscular, cansaço, indisposição.

A DIETA DA LUA

A dieta da lua apoia-se numa possível influência que ela exerce sobre os líquidos corporais. Com duração de 24 horas sendo realizado a cada mudança da lua, o individuo passa, durante um dia a ingerir suco de frutas, chá, caldos de carne ou de legumes triturados.

Na sobremesa, mamão e melão. Pouco café, exercícios físicos e um litro de água completam a dieta.

Pontos negativos: Como é de curta duração, a perda de peso não seja tão eficaz, baixo aporte energético, dieta muito restritiva, apresenta carência de nutrientes.

DIETA MACROBIÓTICA

Baseia-se no sistema chinês de forças em oposição, representadas por yin e yang. As pessoas que vivem em região quente (yang) devem alimentar-se de comidas yin, e vice-versa, essas forças são combinadas para que o ser humano viva em harmonia consigo mesmo e seu organismo mantenha o equilíbrio.

A escolha dos alimentos depende da época do ano também. Existem sete níveis na alimentação macrobiótica, cada um mais restrito que o outro.

A base da alimentação macrobiótica esta nos cereais, sendo o arroz integral o mais importante. No regime macrobiótico são também consumidas as raízes, as verduras, os legumes, as leguminosas, as sopas, as sobremesas e os chás, tudo dentro de um equilíbrio dinâmico.

Os grãos, os vegetais e as frutas representam a maior parte da dieta, peixes e algumas carnes são permitidos nos níveis inferiores, enquanto laticínios e todos os alimentos processados são evitados em todos os níveis.

Pontos negativos: limita o consumo de vegetais e frutas, restringe a ingestão de líquidos, interfere na vida social do indivíduo.

DIETA DO TIPO SANGUINEO

Sugere uma dieta diferente para cada tipo sanguíneo pois acredita que, de acordo com o tipo sanguíneo, as necessidades nutricionais de cada um são diferentes e devem ser respeitadas.

O alimento é dividido em três categorias: benéfico (alimento que atua como remédio), neutro (atua como apenas um alimento) e nocivo (atua como veneno ao organismo).

As pessoas de sangue “O“ seriam caçadoras carnívoras, as de sangue “A“ seriam vegetarianas dóceis, as de sangue “B“ seriam onívoras e os de sangue tipo “AB“ uma junção das ultimas duas.

Pontos negativos: restringe grupos alimentares importantes para o funcionamento do organismo, difícil de ser seguida.

DIETA DOS PONTOS

É caracterizada pela somatória de pontos ao invés do cálculo das calorias dos alimentos. 1 ponto equivale 3,6 calorias. Todos os alimentos ingeridos devem ser anotados e seus pontos calculados.

Há uma tabela que contém os pontos de vários alimentos e preparações. A contagem de pontos tem um limite diário que deve ser cumprido.

Pontos negativos: essa dieta focaliza apenas a quantidade de calorias e deixa de lado o estímulo a uma dieta balanceada nutricionalmente, os pontos podem ser atingidos com alimentos inadequados, ricos em calorias e pobres em nutrientes, a provável falta de nutrientes acomete a saúde, podendo desenvolver fome oculta, isto é, a desnutrição no organismo por falta de nutrientes, pode levar á anemia, osteoporose, queda de cabelos e outros

A maioria dessas dietas não tem comprovação cientifica Elas podem até gerar um resultado rápido, mas temporário, porque geralmente as pessoas não conseguem se privar de muitos alimentos por muito tempo e assim que voltam a realizar os hábitos alimentares antigos voltam a ganhar peso novamente e até engordar mais de quando iniciaram esses regimes.

Além de serem restritivas podem ocasionar deficiências de muitas vitaminas e minerais, acarretando problemas sérios de saúde, como uma anemia, enfraquecimento de unhas, cabelo e pele.

Quando há o desejo de emagrecer com saúde é necessário associar alimentação balanceada com a prática de atividade física, ou seja, deve haver mudanças de hábitos alimentares e de comportamento.

Para uma alimentação balanceada é importante salientar que todos os grupos de alimentos devem ser ingeridos diariamente.

Para a segurança e sucesso da dieta o ideal é procurar um nutricionista para a prescrição de uma que seja balanceada e individualizada, levando em consideração as características físicas, bioquímicas e fator atividade de cada um.

  • 18 de março de 2015

  • 14 de novembro de 2014

  • 12 de setembro de 2014

  • 20 de fevereiro de 2014

  • 26 de outubro de 2013

  • 09 de maio de 2013

  • 27 de fevereiro de 2013

  • [ + Notícias ]


    [ + Vídeos ]



    2º ano do EF - Dinâmicas
    Nuricionais

    3º ano do EF - Aprendendo
    sobre insetos

    Aprendendo
    sobre Répteis
    [ + Galerias ]



      © 2018. Todos os direitos reservados.
    Rua Palmiro Orsi, 121
    Jardim Europa
    Bragança Paulista/SP
    VIVO: (11) 4034-6666
    NET:  (11) 2473-6660
    NET:  (11) 2473-6661
    Área restrita